https://www.manufaturaemfoco.com.br/wp-content/uploads/2013/09/img-lideranca-arte.jpg

Liderança é a arte de transformar



De todos os investimentos, talvez o mais valioso é aquele que capacita os gestores a criarem contextos e ambientes que façam com que as equipes tenham prazer e se sintam felizes em superar desafios, transformando pessoas comuns em profissionais extraordinários.

O que vem à sua cabeça quando analisa a atuação de líderes como Bernardinho, o técnico da seleção brasileira de voleibol masculino (tida como a melhor do mundo), e Jack Welch, executivo brilhante que por 25 anos esteve no comando da GE e a transformou em uma das maiores e mais admiradas empresas do mundo?

Você deve estar elencando uma série de características pessoais e habilidades específicas de liderança, que permitem a esses líderes uma atuação tão efetiva e impactante. De fato, eles possuem inúmeras qualidades em comum, mas existe algo maior que os conecta. Refiro-me ao modelo de liderança que eles utilizam na gestão e no desenvolvimento de suas equipes – a Liderança Transformacional.

Como o próprio nome já diz, o papel dos líderes é transformar a realidade e o modo como as pessoas pensam sobre si mesmas, sobre a empresa, sobre o mercado e, acima de tudo, sobre o futuro. Uma ideia sutilmente diferente da mudança, por si só. Mudança nos remete a uma atitude potencialmente reativa, que busca a estabilização frente a uma nova demanda ou realidade. Já a transformação traz um apelo mais proativo, que remete à evolução e que considera a motivação, por parte da empresa ou do indivíduo, para que algo se torne diferente do que é.

Acesse e leia a matéria completa:


Não há comentários

Adicione o seu