https://www.manufaturaemfoco.com.br/wp-content/uploads/2016/08/capa-03.png

Da Alemanha ao Brasil: Siemens investe na digitalização e fomenta debate sobre a indústria 4.0 no Brasil



Depois das discussões sobre Internet das Coisas (IoT) e a conexão entre objetos e pessoas, a indústria alimenta agora o conceito da Indústria 4.0 ou Manufatura Avançada e sua aplicação no Brasil. Embora, à primeira vista, sugira uma mudança brutal nos meios de produção atual, especialistas explicam que a mudança é gradativa e pode ser parcial. A integração de sistemas digitais, mecânicos e de automação que formam a base dessa evolução estabelece novos paradigmas de produção, mas, sobretudo, resultam no aumento da produtividade e da competitividade. A produção flexível e eficiente de alto grau de qualidade garante à indústria atender a demanda de um consumidor cada vez mais exigente e exclusivo.

Nunca se falou tanto em Indústria 4.0 ou Manufatura Avançada como nesse ano no Brasil. Os eventos de negócios do setor manufatureiro intensificam os debates acerca do assunto para adaptar o conceito e o exemplo germânico à realidade industrial brasileira. Embora a Manufatura Avançada possa ser aplicada em qualquer setor industrial, pequena ou grande empresa, as discussões sobre a pauta rondam a indústria de máquinas e softwares.

O tema foi importado da Alemanha, polo tecnológico industrial no mundo, e com as filiais germânicas espalhadas no Brasil, não demorou muito para também se tornar pauta por aqui. Diversas ações estratégicas levam a Siemens ao centro dessas discussões. A gigante de software alemã se propõe a fomentar o assunto no Brasil da mesma forma que se propõe na Europa, com o know-how de quem possui uma das mais modernas fábricas do mundo.

Acesse e leia a matéria completa:


Não há comentários

Adicione o seu