relacionamento-interpessoal

As habilidades essenciais do relacionamento interpessoal

O relacionamento interpessoal pode ser entendido como um fator de desenvolvimento pessoal e profissional.

O psicólogo americano Abraham Maslow, pioneiro nas pesquisas mais profundas que se conhece sobre a natureza humana e mundialmente famoso por sua Teoria da Hierarquia das Necessidades, afirma que o ser humano tem necessidade de participação, de estar inserido em um contexto social e em contato com outras pessoas.

Muito do que somos se deve ao fato de convivermos em sociedade e quando analisamos o comportamento e a trajetória das pessoas dentro das empresas, atualmente, é possível perceber que um dos principais fatores impulsionadores do sucesso na carreira é a forma pela qual elas se relacionam umas com as outras. O relacionamento interpessoal pode ser entendido como um fator de desenvolvimento pessoal e profissional. Mesmo em profissões técnicas, o sucesso depende da habilidade na interação eficiente com outras pessoas; totalmente diferente do que acontecia no passado, em que o conhecimento e as habilidades técnicas eram suficientes para a conquista e para a manutenção de uma posição diferenciada.

A atual realidade organizacional exige muito mais em termos de atitudes e comportamentos adequados, ou seja, além de todo o domínio técnico de sua área de atuação, um profissional precisa demonstrar e utilizar grandes porções de flexibilidade, empreendedorismo, criatividade, inteligência emocional, resiliência, poder de persuasão, trabalho em equipe e cooperação. E a manifestação de boa parte dessas capacidades acontece por meio do relacionamento interpessoal.

Além disso, é muito comum ver as pessoas investindo uma quantidade considerável de tempo e energia na tentativa de administrar situações conflituosas criadas por inabilidade de relacionamento com pares, subordinados, superiores, fornecedores e clientes. Esse tipo de situação compromete o clima organizacional, enfraquece os vínculos de confiança e, certamente, compromete o crescimento da empresa.

Acesse e leia a matéria completa:



There are no comments

Add yours