img-caminhos-inovacao8

Os caminhos para a inovação

A montagem de um projeto e o desenvolvimento de produtos exigem um longo período de planejamento.

O desenvolvimento de produtos inovadores não é algo que ocorre de repente, exige planejamento e bastante investimento das empresas. Ao realizar um histórico do investimento de inovação no Brasil, o ex-ministro de Ciência e Tecnologia e ex-presidente da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), Sérgio Rezende, cita a dificuldade que empresas inovadoras brasileiras tinham em investir no desenvolvimento de produtos dada a alta carga de tributos existente no Brasil. Era algo praticamente impossível, tanto que Embraco e Mahle – Metal Leve acabaram vendidas para grupos estrangeiros mais tarde, para que pudessem acompanhar as tendências tecnológicas e competir em pé de igualdade com os demais fornecedores globais.

A situação começou a mudar no final da década de 90 e início dos anos 2000. Em 2003, o governo formulou uma política mais clara de integração para as pesquisas feitas em universidades e institutos de pesquisa com a cooperação de empresas interessadas. A Lei de Inovação Tecnoló- gica, aprovada em 2004, também foi uma mudança importante, dando origem a Lei do Bem e outros mecanismos para permitir incentivos fiscais, muitas vezes, reembolsáveis, por parte das empresas que investem em inovação.

img-caminhos-inovacao3
O próximo projeto que está a caminho é a criação da EmbrapiiEmpresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial, baseada no modelo da Embrapa e que será destinada à inovação na indústria. O novo órgão está em processo de montagem de estrutura, definição de estatuto e área de atuação, mas já está recebendo projetos para áreas prioritárias como a manufatura. “Empresa ou pesquisadores de universidades e institutos devem montar parcerias e encaminhar projetos que estejam em fase final de produção, em que o desafio seja produzir em escala“, explica o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Álvaro Prata.

Acesse e leia a matéria completa:



There are no comments

Add yours