https://www.manufaturaemfoco.com.br/wp-content/uploads/2012/07/img-nao-basta-ser-belo.jpg

Não basta ser belo para ser feliz



Certa vez li que é preciso deixar que a vida nos despenteie, pois em quase tudo o que nos dá mais prazer acabamos por desalinhar os cabelos e, se não o temos, ao mínimo, desalinhamos a rígida compostura. De todos os sentidos, é provável que aquele que nos exerça maior fascínio seja a visão. Quem é esse que não se deixaria arrebatar pela encarnação da beleza física? Tome por exemplo uma Angelina Jolie ou um Brad Pitt. Quanto equilíbrio não é necessário para se evitar o encantamento que nos impõe a forma física?

Acesse e leia a matéria completa:


1 comentário

Adicione o seu
  1. Maria Elomar Bezerra de Oliveira

    A beleza física é uma caminho complexo, pois poderá anular e escravizar os sentidos e por si só, nem sempre é suficiente para fazer alguém feliz.. Com ela o tempo será mais impiedoso para apreciar com os olhos e, se desprovida de inteligência poderá se tornar inconsequente. Já a beleza interior, menos tangível ao olhar, é verdade, contra ela o tempo não pode e poderemos encontrá-la em qualquer corpo, pois se origina na sabedoria que se processa no cérebro e depende, básicamnte, do quanto se investe na busca do saber. Assim, uma pessoa bonita e sábia, torna-se irresistível mas para alguém desprovido de beleza física que não seja – ao menos de certo grau – sábio, a vida terá pouco sabor. Nos relacionamento enquanto a beleza física garante a quantidade, a beleza interior garante a qualidade. A beleza interior é certeza de boa companhia em todas as circunstâncias, tanto na aurora quanto ao meio do dia. Nas horas de mais aflição, como no por do sol da vida, a beleza física será de pouca serventia.


Postar um novo comentário