https://www.manufaturaemfoco.com.br/wp-content/uploads/2014/12/capa5.jpg

Index Traub: Inovação celebra os 100 e 75 anos de suas duas principais marcas



É praticamente impossível, ao menos no Brasil, algum empresário que trabalhe com usinagem e não conheça, não possua ou já não tenha ponderado sobre ter uma dessas máquinas em sua linha de produção.

Famosas por serem máquinas muito reforçadas, precisas e feitas para aguentar o peso de horas ininterruptas de trabalho, os tornos INDEX e TRAUB geram produtividade e lucros a quem quer que priorize confiabilidade e resultados finais. De modo geral, pequenos empresários que experimentam algum progresso em suas demandas e partem em busca do seu primeiro torno CNC costumam começar por máquinas mais simples com investimento inicial mais modesto e priorizam mais o fluxo de caixa e os resultados no curto prazo. Contudo, à medida que aumentam o seu potencial de investimentos, sobem também o grau de exigência e a filosofia básica de suas decisões, mudando o foco de suas prioridades para robustez, segurança, qualidade, durabilidade, dentre outros quesitos técnicos que lhes inspire garantia de bons resultados por muitos anos, além da amortização do investimento feito.

Fundada na Alemanha em 1914, a INDEX iniciou suas atividades com a fabricação de tornos automáticos convencionais. Por conta das ideias criativas de Hermann Hahn e sua preocupação com a melhoria contínua de seus produtos, a empresa obteve um desenvolvimento impressionante. Em quatro décadas foram vendidos mais de 20.000 tornos automáticos, fortalecendo a imagem mundial da empresa. Em 1975, a companhia começou a produzir tornos multifusos e poucos anos depois, as primeiras versões de tornos CNC (Controle Numérico Computadorizado). No final da década de 90, mais especificamente em 1997, a INDEX incorporou a empresa TRAUB-Drehmaschinen, da cidade vizinha de Reichenbach/Fils, que foi integrada ao Grupo INDEX como uma filial autônoma. Além das três fábricas na Alemanha (Esslingen, Deizisau e Reichenbach), o grupo possui plantas no Brasil, Eslováquia e, também, unidades na França, Suécia, China e Estados Unidos.

Acesse e leia a matéria completa:


Não há comentários

Adicione o seu