https://www.manufaturaemfoco.com.br/wp-content/uploads/2012/09/img-gerenciamento-de-ferramenta5.jpg

Gerenciamento de ferramentas: um processo indispensável



Adequação de ferramentas aos processos realizados, redução e controle de estoques estão entre as prioridades de um programa de gerenciamento.

Uma empresa acaba de comprar um centro de usinagem de última geração capaz de armazenar até 120 ferramentas para evitar paradas de máquina. Contudo, na hora de preparar o setup, as ferramentas não são encontradas. Pode ser que estejam no estoque do operador vizinho que, prevenido, montou sua dispensa pessoal para não correr o risco de ficar parado, ou, quem sabe, estejam espalhadas em diversas prateleiras sem qualquer identificação. Essas são situações comuns para Pablo de Castro, diretor da Adeptmec, especializada em gerenciamento de ferramentas. Ele conta que não é raro, ao atenderem um cliente, recomendarem primeiro a organização do local de trabalho, para depois começarem a aplicar os conceitos e soluções com os softwares de gerenciamento e com isso obter os benefícios que estes podem trazer.

img-gerenciamento-de-ferramenta

Um software para gerenciamento de ferramentas é uma grande base de dados que armazena informações sobre a localização das ferramentas, quais devem ser utilizadas em determinado processo, a vida útil de cada uma delas, a quantidade e o prazo estimado para novas compras. Porém, o funcionamento adequado de um software gerenciador só acontece quando a cultura organizacional da empresa está preparada para alimentá-lo, pois os bancos de dados precisam ser atualizados e será necessário um local específico para armazenamento das ferramentas, a fim de evitar que fiquem espalhadas pela fábrica. “Esse comportamento não é algo que se consegue rapidamente, pode demorar meses dentro de uma linha de produção, da mesma forma que a implantação do lean manufacturing, explica Castro.

Acesse e leia a matéria completa:


Não há comentários

Adicione o seu