http://www.manufaturaemfoco.com.br/wp-content/uploads/2012/12/img-caxias-do-sul-6.jpg

Caxias do Sul – Concentração de empresas consolida vocação industrial da região

Êxito da 21ª edição da Mercopar, com aproximadamente R$ 135 milhões em volume de negócios, reflete o potencial econômico e manufatureiro do sul do país.

Manufatura em Foco visitou a Mercopar e teve a oportunidade de entrevistar várias lideranças e colher informações que denotam a importância da região Ítalo-Serrana do Rio Grande do Sul na composição da cadeia de suprimentos do setor metalmecânico brasileiro.

img-caxias-do-sul

Panorama Regional

Caxias do Sul sedia anualmente a mais importante Feira de Subcontratação e Inovação Industrial da América Latina, a Mercopar. Neste ano, a 21ª edição da feira aconteceu de 02 a 05 de outubro, no Centro de Feiras e Eventos da Festa da Uva, em Caxias do Sul. “Nos próximos anos, queremos dobrar o tamanho da feira, trazendo indústrias e os Sebraes de outros estados”, informou, com entusiasmo, o presidente do conselho deliberativo do Sebrae-RS, Vitor Koch.

O evento contou com a participação de 587 expositores. No ano passado, o volume de negócios registrado na Mercopar chegou a R$ 124 milhões. Em 2012, esse volume ultrapassou os R$ 135 milhões, ou seja, houve um aumento de 9% em relação a 2011.

O evento envolveu empresas de vários setores, entre eles os de Automação Industrial, Borracha, Eletroeletrônico, Energia e Meio Ambiente, Metalmecânico, Movimentação e Armazenagem de Materiais, Plástico, e Serviços Industriais. Realizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Sul (Sebrae/ RS) e pela Hannover Fairs Sulamerica, teve um destaque em produtos inovadores com enfoque direcionado à produtividade, eficiência e sustentabilidade ambiental.

Caxias do Sul

A cidade conta com 20 das 500 maiores empresas da região Sul do Brasil e tem diversas indústrias entre as maiores do Brasil em seus campos de atuação como Randon, Guerra, Agrale, Tramontina, Chies & Chies, Marcopolo, Intral, Gazola, entre outras. Caxias é considerada o segundo polo metalmecânico do Brasil, atrás apenas de São Paulo. Segundo dados do IBGE de 2008, o município tem o 33° maior PIB nacional, quarto da região Sul e a terceira economia do Rio Grande do Sul, apresentando um PIB per capita 80,28% maior que a média brasileira. Além disso, de acordo com o Instituto Aço Brasil, o setor metalmecânico da cidade consome 3% de todo aço produzido no país. Esse consumo corresponde a 60% do total consumido pela indústria no estado gaúcho.

Visão das Associações de Classe

Segundo o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul (Simecs), o faturamento anual do segmento em Caxias do Sul alcança R$ 17,6 bilhões. Dessa forma, o desenvolvimento da indústria local é um dos principais fatores de crescimento da região. Apesar disso, assim como em outros polos, a região também sofre o efeito de uma desaceleração de mercado, por conta do atual cenário econômico que vem afetando tanto os mercados internacionais mais maduros, quanto os locais, em estágio de desenvolvimento. De acordo com o Simecs, que abrange 17 municípios da região, nos quatro primeiros meses de 2012, as empresas dos segmentos automotivo, eletroeletrônico e metalmecânico juntos registraram uma queda de 9,17% em comparação ao mesmo período de 2011. O setor metalmecânico, especificamente, teve uma queda de 6,52%.

… Gostou deste trecho da Matéria?

Acesse e leia a matéria completa:



2 comentários

Adicione o seu

Os comentários estão fechados.

Postar um novo comentário